terça-feira, 18 de agosto de 2009

Ela e os Medos

Ela tem medos, e muitos, variados, de toda especie, tamanho e cor, ela realmente tem medo.
Medo de perder pessoas (mesmo sabendo que não as tem), medo de perder cabelo (mesmo tendo uma verdadeira juba na cabeça), medo de ficar sozinha (mesmo tendo absoluta certeza que seu coração é andarilho só), medo de não se encontrar (sabendo que é questão de tempo para que isso aconteça), medo de não ser o que quer ( mesmo não sabendo ao certo o que se é e do que se gosta), medo do mundo acabar (mesmo o mundo estando no fim). Ela tem medo, mas o medo maior, vem de ter medo do medo o tempo inteiro...

3 comentários:

  1. Precisa perder o medo do sexo
    Precisa perder o medo da morte
    Precisa perder o medo da música
    O que se vê não se via
    O que se crê não se cria
    Precisa perder o medo da musa
    Precisa perder o medo da ciência
    Precisa perder o medo da perda
    Da consciência
    O que se vê não se via
    O que se crê não se cria
    Precisa perder o medo de mim
    O que se vê não se via
    O que se crê não se cria
    Medo medo medo medo
    O que se crê não se cria
    Medo medo medo medo
    (Titãs)

    E esse medo que congela,mas q qdo enfrentado,nos faz tão fortes.
    Já tive medo do meu medo,hj olho pra ele e faço dele meu amigo

    medo medo medo....o que não se vê se cria.

    muitos afagos
    Denise

    ResponderExcluir
  2. E este medo é complicado, por isto precisamos do equilibrio...

    Tenho novidades.. dentes platiados..

    Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Detesto sentir medo, pq sempre me arrependo depois!
    Viver é preciso!
    Bora cair na estrada comigo? Aceito cia simmmmm!!!!!!

    ResponderExcluir